Laboratório de Transposição Didática
Laboratório de Transposição Didática
O que é o Laboratório de Transposição Didática de Ciências Sociais (LADICS)?

Laboratório é um termo originalmente voltado aos experimentos associados às ciências naturais, contudo tem sido comum nas ciências sociais apropriar-se da ideia de laboratório para desenvolver novas tecnologias ou testando as já existentes, bem como aperfeiçoá-las. Nesse sentido, o Laboratório de Transposição Didática em Ciências Sociais propõe ser um espaço privilegiado de criatividade, buscando desenvolver novas propostas de atividades, métodos, técnicas e tecnologias educacionais. A proposta é testá-las e difundi-las junto à sociedade e em cooperação com os discentes do Ensino Médio que atuam com a disciplina de Sociologia. Ainda que o termo laboratório possa parecer algo confinado a uma sala, não é esta a proposta. O termo laboratório, no caso do presente projeto está relacionada à ideia de criação, testes e divulgação dos resultados, no qual os educadores e educandos se relacionam no processo criativo e metódico, caracterizando-se em uma ação para além dos muros da instituição.

Por que foi criado o LADICS?

Por, ao menos, quatro motivos:

i) por conta da recente (re)introdução da Sociologia no Ensino médio e a consequente carência de materiais didáticos, estratégias e métodos de ensino para essa disciplina o que vem tornando recorrente e justificável as constantes queixas de docentes e estagiários em relação às dificuldades em tornar a prática de ensino-aprendizagem mais significativa e atraente aos olhos dos alunos;

ii) por acreditarmos que o saber científico (saber sábio) precisa passar por uma transposição didática antes de chegar à sala de aula e os cursos de licenciaturas devem fomentar e desenvolver tal prática;

iii) pelo grande interesse e significativa experiência do proponente como docente e produtor de materiais de uso pedagógicos para aula de Sociologia do Ensino Básico; iv) ser de fundamental importância para a qualidade de formação profissional dos alunos da UFAL, como reconhecido em Estatuto da instituição.

Objetivos

Geral:

  • Desenvolver condições para uma prática docente em Sociologia mais próxima da realidade do aluno do Ensino Médio, o que buscar-se-á por meio de fomento de práticas de transposições didáticas.

Específicos:

  • Promover o desenvolvimento de habilidades para a atividade de transposição didática de teorias e conceitos sociológicos;
  • Criar espaço de troca de experiências docente e discente;
  • Fornecer apoio aos professores de Sociologia de Ensino Médio;
  • Colaborar para munir os alunos estagiários com materiais, estratégias e ferramentas didáticas;
  • Fomentar discussões em torno da prática docente e da transformação do “saber sábio” em “saber ensinado”;
  • Despertar o olhar dos estagiários para o contexto social, econômico, político e cultural dos alunos do Ensino Médio a fim de levá-los a compreender e apropriar se dessa compreensão a fim de utilizá-la como princípio norteador de sua futura prática docente.

 

 

ufal_foto

menu
menu